VESTUÁRIO PARA FOTOGRAFIA DE NATUREZA

Muito se fala sobre câmeras fotográficas, filmes, sensores digitais, resolução, papel, laboratórios, lentes, flashes, técnicas mas sempre se esquece de uma coisa que pode fazer a grande diferença entre uma saída fotográfica bem sucedida e um dia completamente horrível: a roupa que você esta usando.

Baseado no conhecimento que tenho em vestuário para montanhismo, onde a roupa certa pode fazer a diferença entre uma expedição bem sucedida ou a morte, nesse artigo não vou considerar o trabalho de fotógrafos de estúdio ou social, que são um caso completamente diferente, irei falar um pouco sobre o fotógrafo de natureza, incluindo o fotógrafo macro, e as roupas e tecidos que recomendo para essa prática.

Onde você irá fotografar?
A primeira coisa para ter um mínimo de conforto em uma saída na natureza é pensar onde você irá. Há uma grande diferença no vestuário que você deve usar para fotografar uma caverna, no serrado ou uma montanha nevada.

Sabendo onde você irá, gaste um tempo para conhecer mais sobre o ambiente que te espera. Hoje em dia é fácil encontrar na internet esse tipo de informação.

Previsão do tempo
Outra informação muito importante que felizmente cada vez mais tem um bom nível de acerto é a previsão do tempo. Hoje em dia os institutos de meteorologia conseguem uma previsão com bom nível de acerto para horas e em alguns casos até dias. Se preparar para uma saída com Sol e ter que enfrentar chuvas torrenciais é muito decepcionante.

Sites que costumo usar na previsão são:
br.weather.com
www.climatempo.com.br

A roupa certa para o local certo
Conhecendo o local e sabendo a previsão do tempo estamos dispostos a pensar no que vestir, basicamente pode-se dividir nosso vestuário em:
>
calçado
> calça e camiseta/blusa
>
roupas específica

Trataremos a seguir cada caso individualmente.

  • Calçado
    Apesar de não ser levado muito a sério, o calçado é importantíssimo na fotografia de natureza. Podemos usar desde um simples tênis, o mesmo que seria usado para andar em um shopping na cidade, até uma bota específica para o terreno e clima que você enfrentará.

    Para caminhadas em trilhas bem abertas e planas, parques e com pouca duração podemos usar tênis, precisando apenas de um que seja confortável, com um bom solado e, dependendo da trilha, caso seja úmida, que seja um pouco fechado para que seu pé não encharque na primeira poça d´água. Outra possibilidade, caso seja realmente uma trilha molhada, onde você atravessará rios e com certeza molhará os pés, é usar tênis com alto poder de emilinação de água, muitos com partes feitas em Neoprane.

    Pensando em caminhadas mais longas e com maior duração vale a pena investir em uma boa bota de caminhada. Hoje em dia é fácil de encontrar, apesar de um preço não tão atraente, diversos tipos de botas. Características que devem ser levadas em conta ao comprar uma bota são:

  • Peso e altura
    Botas leves e com cano mais baixo são indicadas para caminhadas mais leves, enquanto que botas com cano alto, normalmente mais pesadas, são indicadas para caminhadas longas e em locais mais acidentados, sendo mais longas para proteger seu tornozelo de torções.
  • Solado
    Existem botas com solados mais apropriados para uso em rochas ou terra, sendo a maior parte mistas.
  • Aquecimento e impermeabilidade
    Existem desde botas com tecido apropriado ao nosso clima tropical até botas duplas para uso em alta montanha. Além disso, tanto para nosso clima quanto para uso em neve é bom que sua bota seja impermeável. A membrana impermeável mais usada hoje em dia em botas é o GORE-TEX®, uma membrana que permite que o suor dos seus pés evapore mas não permite a entrada de água. Entretanto, para nosso clima tropical o GORE-TEX® pode não ser o mais apropriado. Caso você tenha que enfrentar uma trilha realmente molhada, onde enxarcará seus pés atravessando rios, é mais recomendável uma bota feita com materiais grande poder de eliminação de água, como a Cordura® com membrana Smartec Air Shield. No Brasil existem as botas nomade, que fazem produtos utilizando tecnologia específica para nosso clima tropical e com excelente qualidade.

    Além disso deve haver um cuidado especial em relação às meias, assim como será comentado a seguir, evite meias de algodão. Apesar de serem confortáveis, as meias de algodão encharcão com facilidade com o próprio suor dos pés, o que causará desagradáveis bolhas em seus pés. Isso é agravado caso você tenha algum descuido e os molhe.

    Para uso com tênis um par de meias de COOLMAX® é suficiente. Caso não encontre esse tipo de meias, procure por meias mistas com baixa porcentagem de algodão. Para uso com botas, principalmente para longos períodos e caminhadas longas é recomendável o uso de dois pares de meias, uma chamada liner, mais fina e que será a responsável em eliminar a umidade dos pés e mantê-lo secos e uma segunda camada, ou seja, uma segunda meia, mais grossa, responsável pela eliminação final da umidade e para dar um maior conforto aos pés. Alguns modelos desta segunda pele de meias trazem uma maior forração na sola dos pés visando maior conforto.

    calça e camiseta/blusa
    Subindo o vestuário chegamos às roupas em si. Temos aqui as calças/bermudas e as camisetas e blusas.

    De acordo com o clima vale a pena o uso de uma bermuda em vez de calça, entretanto cuidado! Pode ser que o clima será super agradável, ou até quente de verdade, mas pode ser que tenham muitos insetos, principalmente se você for fotografar em alguma mata fechada. Muitas vezes vale mais a pena um pouco de calor nas pernas que centenas de picadas, principalmente se você for alérgico.

    O material das calças ou bermudas também deve ser analisado. Evite calças jeans ou moletons, ambos são pesados e caso se molhem demorará horas para você se secar. Um dos materiais que recomendo para essas peças de roupa é o SUPPLEX®, uma fibra super leve, confortável, de secagem rápida e resistente. Inclusive você encontra no mercado modelos de calças com reforços em Cordura®, um tipo de lona leve e resistente, nas partes mais suscetíveis ao atrito como os joelhos, muito usados em macrofotografia.

    Caso você tenha que enfrentar temperaturas mais baixas é importante cuidado. Em vez de se usar apenas uma única calça super grossa recomendo o uso de várias camadas de roupas, como é feito na prática de montanhismo. Para a primeira camada, um acamada responsável por manter a temperatura do corpo, recomendo tecidos como o X-THERMO®, MICROFLEECE® e POLARTEC®, depedendo o caso podendo ser usados inclusive em conjunto.

    De acordo com a necessidade use também uma calça impermeável, de preferência com membrana de GORE-TEX®, de modo a eliminar a transpiração sem permitir a entrada de água.

    Para a cobertura dos braços e peito devemos pensar de maneira similar a vista para as pernas, principalmente evitando roupas de algodão. Camiseta eu recomendo de fibras sintéticas à base de microfibras de poliester, é um tecido super leve e são chamadas de camisetas dry pelo seu alto poder de secagem e eliminação de suor. Para locais mais frios existem blusas nos mesmos materias das calças, como X-THERMO®, MICROFLEECE® e POLARTEC®, sempre usando-se camadas de acordo com a temperatura que será enfrentada.

    Caso seja necessário uma capa à prova de vento existem blusas com membranas WINDSTOPPER®, um material moderno que não permite a entrada de vento, minimizando a perda de calor em locais frios. Caso precise de roupa impermeável, assim como as botas e calças, dê preferência para as que possuem membrana de GORE-TEX®.

    roupas específicas
    Aqui entram as roupas que não foram citadas acima como luvas, gorros, boné etc.

    Caso você vá fotografar em local ensolarado é recomendável o uso de boné ou chapéu. Pessoalmente gosto de boné estilo legionário, que além de sombrear o rosto protege a nuca.

    Para locais frios deve-se usar gorros e luvas, os gorros e balaclavas (máscaras que deixam só os olhos para fora) são normalmente feitos de X-THERMO® ou FLEECE®. Luvas você encontra principalmente de X-THERMO®, FLEECE®, WINDSTOPPER® e luvas impermeáveis com GORE-TEX®. Para locais muito frios o uso de mais de uma luva é praticamente obrigatório, o único inconveniente é que dificultará muito a operação da câmera, principalmente seus botões menores.

    Este artigo não encerra o assunto vestuário para fotografia de natureza mas espero que traga uma boa introdução e sirva de base para a montagem de seu guarda-roupas.

    Hoje em dia temos diversas marcas nacionais com excelente qualidade, preço acessível e usando os materiais importados citados acima. Como montanhista e fotógrafo de natureza sempre fui apoiado e estou completamente satisfeito com a marca Solo, que pode ser encontrada nas principais lojas esportivas do Brasil.

    Havendo dúvidas entre em contato e pergunte aos vendedores das lojas, nas maiores lojas eles estão preparados para tirar suas dúvidas e ajudar na escolha da sua roupa de acordo com o ambiente que será enfrentado.

    Tacio Philip Sansonovski
    macrofotógrafo / fotógrafo de natureza

    fonte: www.macrofotografia.com.br

............................................................................................................................

WWF-Brasil. Cuidando do ambiente onde o bicho vive. O bicho-homem.
Copyright© 2007 - Todos os direitos Reservados à Ricardo Cavalcante